Buscar

O melhor sacrifício não é de animal. É o seu!

Atualizado: 16 de fev.


Ẹni tó nbẹ Òrìṣà kì í bẹ èyàn!

(Quem pede ao Òrìsà, não precisará pedir ao homem!!)


Devemos entender que para termos evolução a tradição deve ser modificada e ela por si só já é a todo instante. Pessoas querendo ou não. Por que? Porque o mundo está em constante movimento. É pra frente que se anda. Ninguém pode negar que todos os cultos existentes do Planeta passam por mudanças e isso é e sempre será a vontade do Deus Supremo.


Entendo que devo respeitar o que o Orí (cabeça) do devoto do Òrìṣà me pede. Devo perguntar ao próprio Òrìṣà, através de Ifá, o que fazer e como fazer para que a vida desta pessoa seja melhorada. Para que o caráter dela seja bom.


Eu não sou uma divindade e não sou o criador da sabedoria. Então recorro ao Deus Supremo e ao Òrìṣà, pois a eles cabem as decisões. E o principal Òrìṣà e o mais importante que existe cujo todo ser humano não existe sem é Orí (a cabeça), sendo assim relembro aos esquecidos a máxima: "Se orí não abençoa, nenhum outro Òrìṣà pode abençoar"!


O homem é falho e assim a religião é falha. O homem é um ser pensante, mas tem preguiça e pensar não dói. Pense na evolução como algo benéfico e não como uma afronta.


Coloquemo-nos em nosso devido lugar, sendo este o daquele que cultua com coerência e honestidade. Com respeito às diferenças.


Você ainda faz sacrifício animal em seus ritos? Você ainda come carne? Você deixou de comer carne? Deixou de realizar sacrifício animal em rituais? Quem bom pra qualquer resposta que vier a ser verdade. O importante é o respeito e o pensar. Um dia quem sabe pensarei melhor e deixarei de comer carne. Quanto ao rito, fui feito sem o sacrifício animal, consagrado no Candomblé assim e sigo minha vida me sacrificando por mim e pelos outros. Afinal o maior sacrifício feito pelo homem e aceito por Deus é a obediência, ela é até maior que o sacrifício e o maior deles é o meu pelo bem estar de quem me procura.


Concluo aqui o meu livre pensar e compartilhamento de meus pensamentos com uma simples afirmação... Respeito cabe em todo lugar e é o ingrediente principal para termos prosperidade. Não cabe a nenhum(a) sacerdote/sacerdotisa e nem a nenhum homem ou mulher decidir sobre o que o Òrìṣà quer. Somente a ele e ao seu Criador. A nós cabe perguntar, aceitar a resposta e obedecer.


O dábọ̀ àti mo dúpẹ́ ẹ!

(Até logo e agradeço!)

42 visualizações

Posts recentes

Ver tudo